4 aplicativos para você aprender inglês pelo celular

4 aplicativos para você aprender inglês pelo celular

Todo mundo sabe que saber falar inglês é uma habilidade imprescindível na atualidade. E isso se deve muito a globalização.

Mas para aprender o idioma é necessário muito tempo e dedicação, que nem sempre são disponíveis com agitação do cotidiano.

Contudo, é nessa hora que a tecnologia chega para nos auxiliar. Através dela é possível que você aprenda e desenvolva a língua inglesa de forma interativa e dinâmica.

E neste artigo iremos te mostrar que aprender um idioma novo através de aplicativos pode ser uma alternativa bem satisfatória.

Para isso, basta que você confira as nossas indicações de aplicativos que ensinam inglês de maneira divertida e simples:

1- Babbel

O Babbel é um aplicativo que possui bastante credibilidade. Entretanto, ele não é voltado para o ensino da língua inglesa e sim para amplificar o vocabulário do usuário.

Para isso, ele dispões de uma lista de temas e situações cotidianas diversas. Assim, você pode se imaginar em diversos cenários, tendo que conversar sobre os mais variados assuntos.

A aplicação ainda conta com a opção de treino de pronúncia, onde o usuário fala através de uma ferramenta de reconhecimento de voz.

Boa parte do aplicativo é gratuita. Entretanto, para aqueles que desejam aprofundar ainda mais seus conhecimentos, ele possui uma parte paga e muito mais completa.

Ele ainda apresenta funcionamento offline. Logo, mesmo que esteja sem internet no celular, independentemente de onde você esteja, ainda é possível estudar o idioma.

2- Duolingo

O Duolingo é considerado um marco no mercado de desenvolvimento de aplicativo para celular.

Ele é apontado como um dos melhores aplicativos para aprender o idioma. Além disso, compreende desde os níveis iniciantes até os mais avançados.

Sua estratégia é a utilização de exercícios bem práticos, em forma de joguinhos, onde assim que o usuário acerta a resposta, ele passa de fase.

O aplicativo, bastante puxado para o entretenimento, apresenta atividades que podem treinar pronúncia, escrita e até mesmo a compreensão oral.

Ele é totalmente gratuito, e o melhor, não apresenta nenhum tipo de anúncio chato daqueles que ficam aparecendo na tela do celular de 5 em 5 minutos.

3-Lingua.Ly

O Lingua.Ly funciona como uma espécie de repositório de palavras, onde é possível buscar, traduzir e armazenar em uma pasta todas as palavras que ainda não conhece.

Ainda, depois de selecionar as palavras, é possível utilizar o modo leitura. Isso porque ele seleciona automaticamente textos que contém os vocábulos selecionados para que você possa ler e se familiarizar.

Assim, além de conhecer e memorizar novas palavras, você ainda pode treinar a leitura e, caso deseje, até mesmo a pronúncia.

4-LinguaLeo

Este aplicativo possui um público alvo muito bem definido, que são as crianças. Entretanto, por ser extremamente divertido, acabou chamando a atenção dos adultos também.

Além disso, ele possui a interface em português e suas atividades são interativas e dinâmicas, o que facilita bastante a utilização. Entre os principais recursos fornecidos pelo LinguaLeo, estão:

  • Dicionário;
  • Exercícios de leitura;
  • Exercícios de escrita;
  • Exercícios de gramática;
  • Vídeos explicativos com legendas em inglês.

Também é importante saber que previamente a utilização o aplicativo o usuário faz um teste para avaliar em que nível de inglês se encontra.

Ele ainda deve informar a idade, tempo diário que dispõe para estudo diário e assuntos de interesse.

Assim, de acordo com essas informações, o aplicativo disponibiliza um plano de estudos personalizado para cada um dos usuários.

Dessa forma o aprendizado se torna muito mais eficaz, divertido e único, afinal cada um tem um jeito diferente de entender e assimilar os conteúdos.

Como podemos ver, utilizar estas ferramentas para aprender inglês e outras línguas é uma estratégia muito válida.

Mas vale lembrar que existem diversos outros aplicativos além dos citados neste texto. Basta você avaliá-los e escolher o que mais te agrada.

5 coisas essenciais que você deve saber antes de empreender em semijoias

Com as altas taxas de desemprego no Brasil e o alto custo de vida, é normal que cada vez mais mulheres busquem formas de ganhar uma renda extra. Por isso, se você é uma mulher comunicativa, gosta de ser independente e está pensando em empreender em semijoias para ter sua autonomia financeira, confira o artigo de hoje.

Descubra com nossas dicas tudo o que você precisa saber antes de empreender!

  1. Seja adaptável às tendências

O primeiro passo para se tornar uma boa revendedora de semijoias atacado é ser adaptável às tendências, estar disposta a mudar de acordo com a moda.

Isso porque com o fenômeno das blogueiras, influencers ou mesmo das celebridades de TV, provavelmente algumas de suas clientes estarão atentas a todos os acessórios da moda, ansiosas pelas novidades.

Você deve estar preparada para ficar sempre um passo à frente e ter as peças que suas clientes desejam.

Por isso, acompanhe diariamente as notícias do universo feminino e o que está em alta na moda.

  1. Conheça um fornecedor de confiança

Para empreender em semijoias, é essencial ter um fornecedor de confiança, pois a responsabilidade serpa completamente sua em qualquer atraso na entrega das peças.

Lembre-se que suas clientes entram em contato diretamente com você e não com o fornecedor.

Por mais que você estreite o laço com todas elas, suas clientes se importam em receber o produto no prazo definido e às vezes outras pessoas podem estar dependendo delas (como em caso de presentes, por exemplo).

Por isso, ao entrar em contato com um fornecedor, leia todas as exigências do contrato e negocie sobre os prazos de entrega.

É importante ficar atenta até as formas de pagamento e alternativas para que nada se torne um empecilho e te dê problemas em cima da hora.

  1. Atendimento personalizado

O maior erro das iniciantes no empreendedorismo feminino e principalmente, na revenda de semijoias, é achar que basta colocar as joias na caixa de mostruário e ir às casas das clientes com o mesmo discurso de vendas montado.

Um dos segredos de garantir seu faturamento frequente é manter um atendimento personalizado às clientes.

Isso significa conhecer cada cliente, seu hobbies, personalidade e hábitos.

Assim você saberá que é mais adequado oferecer um brinco de argola grande para uma jovem de 19 anos que frequenta baladas do que à uma cliente mais velha e caseira, por exemplo.

Com o tempo, ao conhecer cada cliente, será mais fácil vender vários acessórios para uma mesma pessoa.

  1. Cuidado com a flexibilidade de horários

Um dos principais diferenciais que as novas empreendedoras de semijoias buscam é a flexibilidade de horários, a autonomia.

Porém, antes de entrar nesse ramo é necessário estar atenta a isso, pois muita autonomia pode ser conflitante.

Planeje sua agenda de atendimento sempre em horário comercial e evite entrar em contato com as clientes no período da noite.

Não se sinta atraída pelo glamour da flexibilidade de horários e acabar acordando muito tarde também, pois suas clientes dependem de você.

  1. Antecipe sua clientela

Por último, não se esqueça que antes mesmo de começar a revender semijoias, você deve ter uma cartela de clientes para cobrir seus investimentos iniciais.

Por isso, observe quem pode ser sua futura clientela e comece a conversar com amigas, colegas de trabalho e familiares.

O seu círculo de amizades tem grande potencial de vendas, principalmente porque são pessoas que têm confiança em você.

Informando as pessoas pelo WhatsApp, Instagram e Facebook, suas potenciais clientes ficarão ansiosas pela novidade.

Gostou das nossas dicas do que precisa saber antes de empreender com semijoias? Então deixe seu comentário!