REGULAMENTO

Observações Importantes

Regulamento do “WebFestValda” 2017

 

 

 

1. O “WebFestValda” é um concurso de música dirigido a músicos, de todo território nacional, que poderão participar mediante o preenchimento e envio da Ficha Eletrônica de Inscrição, obedecidas as normas, condições e prazos contidos nesse regulamento.

 

1.1. O descumprimento, por parte dos participantes, de qualquer das normas, condições e prazos, resultará na sua imediata desclassificação, em qualquer fase do festival.

 

1.2. O “WebFestValda” é promovido, dirigido e patrocinado pelo Laboratório Canonne Ltda.

 

Da Inscrição

 

2. A participação no “WebFestValda” está condicionada ao preenchimento e ao envio, pelos participantes, da Ficha Eletrônica de Inscrição, conforme os campos de preenchimento, dispostos no site www.webfestvalda.com.br a partir do dia 01/03/2017.

 

2.1. O preenchimento incorreto da Ficha Eletrônica de Inscrição ou o não envio da documentação solicitada, resultará na desclassificação automática dos participantes do “WebFestValda”.

 

2.2. Material para inscrição:

 

* Um vídeo interpretando uma música de propriedade da banda inscrita, que será objeto da participação no concurso, conforme itens 5.4 a 5.6 deste Regulamento;

 

* É obrigatório que todos os integrantes da banda apareçam no vídeo tocando seus instrumentos;

 

* O vídeo da banda deverá estar publicado na página web: youtube.com;

 

* O link do vídeo publicado deve ser inserido no campo próprio da Ficha Eletrônica de Inscrição no site www.webfestvalda.com.br;

 

* Cópias digitalizadas (“escaneadas”) dos documentos de identidade e CPF de todos os integrantes da banda, em arquivo formato JPEG, enviados caso a banda seja classificada para tocar no Festival;

 

* A letra da música inscrita, inserida no campo próprio da Ficha Eletrônica de Inscrição.

 

2.3. Cada participante, através do aceite do presente regulamento, declara estar ciente de que o(s) vídeo(s) com seu áudio e imagem e o áudio e imagem de todos os outros integrantes da banda serão exibidos publicamente, através da página web: www.webfestvalda.com.br, assim como da página web: www.youtube.com

 

2.4. Os áudios e imagens citados no item 2.3., estarão sujeitos às políticas de exibição de cada página web, não cabendo, em nenhum momento, qualquer reclamação sobre direitos de uso de imagem e áudio, nem quaisquer tipos de reclamações em caso de sua retirada do ar por parte dos referidos web sites.

 

Da Formação da Banda

 

3. Somente poderá participar do “WebFestValda” bandas, executando músicas de sua autoria, com letras escritas na Língua Portuguesa.

 

3.1. A  banda vencedora do WebFestValda anterior, não poderá se inscrever e nem concorrer ao WebFestValda do ano corrente.

 

3.2. As demais bandas que participaram do WebFestValda anterior poderão participar do WebFestValda do ano corrente desde que a música autoral inscrita não seja a mesma.

 

3.3. A idade de cada um dos integrantes da banda deverá ser de, no mínimo, 18 (dezoito) anos. O não cumprimento deste critério será motivo de desclassificação.

 

3.4. O(s) autor(es) da música deverá(ão) necessariamente ser integrante(s) da banda e deverá(ão) se apresentar no “WebFestValda”.

 

3.5. Não poderão participar do “WebFestValda” composições apenas instrumentais, nem vocalista se apresentando com “play-back” (karaokê).

 

3.6.  Para ser considerada como banda, é necessário que esta seja composta de no mínimo 1 vocalista e 2 instrumentistas.

 

3.7. Será permitida a participação de um mesmo músico em, no máximo, 2 (duas) bandas distintas.

 

3.8. Ao vocalista, será permitido participar de outra banda SOMENTE se sua participação na referida banda estiver limitada às funções de instrumentista ou "backing vocal".

 

3.9. Constatada a participação de mais de 2 (dois) integrantes comuns em bandas distintas, as mesmas serão consideradas como uma única banda.

 

3.10. Uma vez inscrita no “WebFestValda”, a banda não poderá acrescentar ou alterar qualquer dos seus integrantes sem anuência prévia, por escrito, da organização do “WebFestValda”.

 

Do Representante e Suas Atribuições

 

4. Cada banda deverá eleger um dos seus integrantes como seu líder, junto à produção do “WebFestValda”, que será denominado REPRESENTANTE.

 

4.1. O REPRESENTANTE preencherá a Ficha Eletrônica de Inscrição, consignando sua concordância com relação às condições dispostas nesse Regulamento.

 

4.2. Não será permitido que duas bandas distintas tenham o mesmo REPRESENTANTE perante o “WebFestValda”.

 

Das Músicas

 

5. Cada banda poderá se inscrever no “WebFestValda” com no máximo 1 (uma) música autoral, com letra escrita na Língua Portuguesa.

 

5.1. Os músicos que se declararem autores e compositores das músicas autorais inscritas no “WebFestValda” serão responsáveis legalmente pela veracidade desta informação.

 

5.2. Juntamente à música autoral que inscrever no “WebFestValda”, a banda deverá, necessariamente, inscrever também uma música “cover”. Esta música “cover” será executada antes da música autoral, caso a banda venha a ser selecionada. A música “cover” não será julgada e não interferirá no resultado da banda no concurso.

 

5.2.1. Considerar-se-á música “cover” aquela já gravada por outro(s) artista(s) e sua interpretação poderá ser executada em arranjo diferenciado do original.

 

5.2.2. As músicas “cover” poderão ser de língua estrangeira.

 

5.3. Não há restrição ao gênero ou estilo musical representado pelas músicas autorais e “cover”.

 

5.4. A música autoral inscrita deverá ser gravada em vídeo com a performance da banda interpretando a música autoral inscrita e não poderá exceder a 05 (cinco) minutos de gravação. Para avaliação da música autoral serão consideradas apenas as qualidades musicais da mesma, sem interferência da qualidade de imagem.

 

5.5. Está, terminantemente, proibido o uso de softwares de edição de som (tipo "Auto Tune”, “Melo Dyne", ou similares), o que será motivo de desclassificação imediata da banda em qualquer fase do festival.

 

5.6. A organização do “WebFestValda” se reserva o direito de rejeitar vídeos de baixa qualidade técnica de som e/ou imagem ou de conteúdo considerado impróprio para a natureza do evento.

 

Da Fase Pré-Classificatória de Seleção das Músicas

 

6. Uma Equipe Especializada, sob a supervisão da Produção do “WebFestValda”, selecionará as músicas inscritas dentro dos critérios de avaliação estabelecidos pela mesma.

 

6.1. Para assegurar a qualidade do trabalho de seleção, serão avaliadas pela Equipe Especializada, no máximo 2.000 músicas, de acordo com a ordem de inscrição (data e horário), das quais as 20 (vinte) melhores serão selecionadas para participar.

 

6.2. As classificações ou desclassificações por decisão da Equipe Especializada são soberanas e não caberá qualquer espécie de reivindicação, recurso ou pedido de reavaliação.

 

Da Fase do Concurso

 

7. O “WebFestValda” será realizado na cidade do Rio de Janeiro, na Fundição Progresso, em duas etapas nos dias 07 e 08/07/2017.

 

7.1. Apenas a música autoral da banda será avaliada pelos jurados para efeito de nota.

 

7.2. Ao todo serão selecionadas 20 (vinte) bandas.

 

7.2.1. Em cada dia se apresentarão 10 (dez) bandas com 01 (uma) música autoral e 01 (uma) música “cover”.

 

7.3. A critério da Produção, da sua Equipe de Seleção e do Júri do evento, o número de bandas poderá ser ampliado ou reduzido em cada etapa do “WebFestValda”.

 

7.4. A relação das 20 (vinte) bandas selecionadas para se apresentarem no “WebFestValda” será divulgada dia 09 de junho de 2017 (sexta-feira), no site www.webfestvalda.com.br.

 

7.5. As bandas selecionadas serão também comunicadas através do e-mail cadastrado na Ficha Eletrônica de Inscrição.

 

7.6. Cientificadas da seleção, as bandas deverão entrar imediatamente em contato com a Produção do “WebFestValda” através do telefone (0800) 600 5532 (ligação gratuita).

 

Dos Procedimentos Obrigatórios para as Bandas Selecionadas

 

8. As bandas selecionadas, conforme item 7 e seguintes, deverão remeter, até 16/06/2017, pelo email contato@webfestvalda.com.br, os seguintes documentos:

 

8.1. Instrumento de Cessão de Direitos de Nome, Imagem, Voz e Áudio (Formulário nº 1) do material produzido para o “WebFestValda”  e da apresentação durante o show do “WebFestvalda”, em favor do Laboratório Canonne Ltda., para cada um dos integrantes da banda, com firma reconhecida em cartório e assinatura de duas testemunhas.

 

8.1.1. A Cessão de Direitos de Imagem e Áudio terá prazo de validade indeterminado e as referidas imagens e áudio poderão ser utilizados livremente pelo Laboratório Canonne Ltda., apenas quando associados ao evento “WebFestValda” e nunca para outros fins.

 

8.3. Instrumento de Abdicação de Recolhimento da Contribuição ao ECAD (Formulário nº 2), a ser preenchido e assinado, individualmente, por cada um dos compositores da música autoral, com firma reconhecida em cartório.

 

8.4. Carta-Compromisso (Formulário nº 3) concedendo ao selo apoiador do evento (caso haja) prioridade sobre a contratação das bandas participantes do CD-premiação, pelo período de 06 (seis) meses contados a partir da grande final do “WebFestValda”, com firma do representante da banda, reconhecida em cartório e assinatura de duas testemunhas.

 

8.5. Regulamento do “WebFestValda” (Formulário nº 4), com termo de acordo assinado individualmente, por cada um dos integrantes da banda, com firma reconhecida em cartório.

 

8.6. Os quatro formulários acima serão enviados para as 20 bandas finalistas pela equipe do WebFestValda.

 

Do Transporte, da Hospedagem e da Alimentação para os Integrantes das Bandas Selecionadas

 

9. A Produção do “WebFestValda” será responsável pelas despesas de transporte (avião ou ônibus interestadual), estadia, translados e alimentação (nos locais determinados pela produção do evento) dos integrantes das bandas procedentes de fora da Cidade do Rio de Janeiro, desde a véspera do Evento (06/07/2017) até o dia imediatamente posterior (10/07/2017), quando todas retornarão aos seus locais de origem, conforme determinado pela organização do evento.

 

9.1. As bandas originárias da cidade do Rio de Janeiro ou de localidades do Estado do Rio de Janeiro situadas a menos de 150Km de distância rodoviária poderão optar por permanecer com todo o grupo no hotel do evento. Para isso, no momento da comunicação da seleção da sua banda para o WebFestValda, o representante deverá declarar a referida opção para a produção. Opções posteriores estarão sujeitas à disponibilidade de acomodação do hotel.

 

9.1.1 Caso permaneçam no hotel, a Produção do “WebFestValda” será responsável pelas despesas de estadia e alimentação (nos locais determinados pela produção do evento) dos integrantes das bandas originárias da cidade do Rio de Janeiro ou de localidades do Estado do Rio de Janeiro situadas a menos de 150Km de distância rodoviária.

 

9.1.2 Ficam sempre, e a todo momento, excluídas da responsabilidade da Produção do “WebFestValda”, quaisquer despesas de transporte, translados e locomoção referentes às bandas originárias da cidade do Rio de Janeiro ou de localidades do Estado do Rio de Janeiro situadas a menos de 150Km de distância rodoviária.

 

9.2. Mesmo que não seja classificada para a final, qualquer banda de fora da Cidade do Rio de Janeiro deverá permanecer à disposição da Produção do “WebFestValda” e participar até o final do evento, obedecendo a todas as regras de participação e conduta.

 

9.3. Caso uma banda não classificada, de fora da Cidade do Rio de Janeiro, decida retornar antecipadamente à sua localidade de origem, com recursos próprios, deverá comunicar por escrito sua decisão à Produção do “WebFestValda” e arcar com todas as despesas.

 

9.4. Uma vez comunicada à Produção do “WebFestValda” a decisão da banda de retornar à sua localidade de origem com recursos próprios, fica a  Produção do “WebFestValda” isenta de qualquer responsabilidade civil, financeira ou legal perante a banda comunicante.

 

9.5. Ficam sempre e a todo momento excluídas da responsabilidade da Produção do “WebFestValda”, quaisquer despesas extras efetuadas no hotel – tais como, frigobar, telefonemas, lavanderia, refeições que não as estabelecidas pela organização do evento, bem como quaisquer outras despesas efetuadas pelos integrantes das bandas, sejam elas originárias do Rio de Janeiro ou de fora do Rio de Janeiro, no período do evento, que não sejam as descritas acima.

 

Disposições Finais

 

10. Será firmado contrato de seguro de acidentes pessoais e de cobertura de despesas médico-hospitalares e dentárias, pela Produção do “WebFestValda”, para todos os participantes do evento.

 

10.1. No caso das bandas de fora da Cidade do Rio de Janeiro, a apólice de seguro abrangerá os acidentes ocorridos desde a chegada ao Rio de Janeiro até o embarque ao destino de origem dos participantes.

 

10.2. Os termos e condições da apólice serão disponibilizados ao representante de cada banda classificada.

 

10.3. Em caso de problemas de saúde ou acidentes pessoais não cobertos pelo seguro, o participante será encaminhado imediatamente a um hospital público ou, caso o participante seja filiado a algum plano de saúde, a um hospital particular conveniado.

 

11. A Produção do “WebFestValda” (Laboratório Canonne Ltda.) não admitirá agentes, empresários ou quaisquer outros intermediários em seu relacionamento com as bandas selecionadas, em todos os assuntos ligados diretamente e/ou indiretamente, ao “WebFestValda”, no presente e no futuro.

 

12. As bandas constituirão o Laboratório Canonne Ltda. seu procurador para que, por ocasião da entrega e/ou realização dos prêmios, a mesma faça toda a intermediação junto aos patrocinadores.

 

13. A Produção do “WebFestValda” fornecerá para a apresentação das bandas, os seguintes equipamentos:

 

* Uma bateria completa composta de bumbo, surdo, caixa 2 tons, contratempo, pedal e set de 3 pratos;

 

* 3 amplificadores de guitarra;

 

* 1 amplificador de baixo e 2 caixas para baixo;

 

* trio de tumbadoras e 2 timbales;

 

* 1 estante dupla para teclado.

 

14. Caberá aos integrantes das bandas portarem seus instrumentos pessoais, tais como guitarras, baixos, teclados, violões, metais, sopros, percussão – (exceto tumbadoras e timbales), pedaleiras, efeitos especiais e caixas de bateria (opcional), etc.

 

14.1. A Produção do “WebFestValda” não se responsabilizará pela guarda, acondicionamento, conservação, transporte, manutenção ou reparos dos instrumentos musicais de propriedade dos integrantes das bandas, ou de terceiros, assim como por prejuízos advindos de eventual extravio, furto ou roubo dos mesmos.

 

15. A Produção do “WebFestValda” reserva-se o direito de desclassificar qualquer banda, em qualquer fase do festival, caso haja irregularidade de conduta de qualquer dos seus integrantes, assim considerado (lista exemplificativa, NÃO LIMITATIVA):

 

* o consumo, o porte, o tráfico de substâncias entorpecentes antes, durante e após a realização dos eventos;

 

* o desrespeito aos horários, programações e determinações estabelecidas pelos monitores responsáveis pela supervisão dos participantes, nos horários em que não estiverem participando das apresentações;

 

* o discurso e/ou prática que incitem à violência, ao racismo, à pedofilia, à pornografia, à discriminação social, sexual, religiosa, racial, política ou de qualquer tipo;

 

* qualquer conduta que venha a atentar, direta ou indiretamente, contra a vida, a saúde, a dignidade, a propriedade e a privacidade de qualquer pessoa, participante ou não do evento.

 

15.1. Da decisão de desclassificação da banda, ocasionada pela conduta irregular de qualquer dos seus integrantes, não caberá qualquer espécie de reivindicação, recurso ou pleito.

 

15.2. Todos os integrantes da banda desclassificada, na forma do “item 15”, serão encaminhados imediatamente à sua localidade de origem e/ou estarão proibidos de participar de qualquer evento subsequente à desclassificação.

 

16. Não será prestada assistência jurídica, por parte da Produção do “WebFestValda”, aos integrantes das bandas que, por conduta anti-social, forem encaminhados à autoridade policial ou judicial.

 

Declaro que li e concordo com os termos do regulamento do “WebFestValda”.

 

Rio de Janeiro, ...../...../2017.

 

Integrantes da Banda:

 

 

 

..........................................   ..........................................

 

Nome:                                                      Nome:

 

RG:                                                 RG:

 

..........................................   ..........................................

 

Nome:                                                      Nome:

 

RG:                                                 RG:

 

..........................................   ..........................................

 

Nome:                                                      Nome:

 

RG:                                                 RG:

 

..........................................   ..........................................

 

Nome:                                                      Nome:

 

RG:                                                 RG:

 

 

 

Login

Utilize as credenciais de acesso informadas no início do cadastro. Em caso de problemas utilize a recuperação de senha.
Email: Senha:
Esqueci minha senha

Cadastro

Nome: Email: Senha: Confirmação de Senha:

Notícias

19 de junho às 17h

Bandas Classificadas 2017

O WebFestValda recebeu mais de 2500 vídeos de bandas de todas as regiões do país, no entanto, somente 20 foram classificadas para cantar no palco da Fundição Progresso, uma das principais casas de show do Rio. Foram 13 regiões diferentes de todo o território brasileiro entre as classificadas, tivemos ritmos para todos os gostos: rock, mpb, reggae, carimbó, etc! O evento está super eclético! Da só uma conferida no som dessa galera:

 

 

Fuzzcas - Rio de Janeiro RJ

A Fuzzcas tem a pegada do rock na veia. Carol Lima é quem dá voz a banda, acompanha por Eduardo Souto na bateria, Leandro Souto na guitarra e Fabiano Parracho no baixo. Em 2014, participaram do reality show Superstar da Rede Globo, ficando entre os 12 finalistas. No mesmo ano, eles lançaram o primeiro CD Feliz Dia De Hoje, recebendo críticas positivas.

 

Seu Ninguém - Natal/RN

A Seu Ninguém é uma das bandas que representará o Nordeste no WebFestValda 2017. A expectativa da banda de Natal / RN é grande.  Erick Silva, o baixista, destaca que “o Webfestvalda é uma oportunidade incrível pra bandas que lutam diariamente pra fazer seu som autoral. (…) A expectativa agora é de subir ao palco e fazer o que sabemos fazer melhor. Aguardem a Seu Ninguém.” A banda é completada por Luana Alves (voz e escaleta), Italo Alves (bateria), Luan Régio (guitarra e voz), Salomão Henrique (guitarra e teclado) e Matheus Ribeiro (Guitarra e teclado) e todos destacam a experiência de trocas com outros músicos. A banda foi formada em 2015 e já se destaca no cenário potiguar, tendo um EP lançado e participações em festivais locais.

 

Marcelo Brum & Os da Luz - Porto Alegre/RS

Marcelo Brum da Luz é gaúcho, ele vem diretamente de Porto Alegre/RS para se apresentar no palco do WebFestValda em julho. “Tocar em um festival desse porte é bem bacana, bem legal”. A música autoral escolhida foi Mede Suas Palavras, que foi finalista do Festival de Música de Porto Alegre há alguns anos, e “é uma música para fazer a galera refletir sobre os seus atos hoje em dia”. Ela é uma das nove faixas presentes no CD 9 vidas, seu primeiro solo, lançado no ano passado. Um disco com composições de diversos momentos de sua vida. Marcelo é acompanhado por David Fontoura, baixista, produtor musical e amigo de longa data, além de Sid no teclado e Peixe na bateria. “Eu escolhi a dedo pra estar tocando comigo, por isso, o nome Marcelo Brum & Os da Luz, eles me iluminam no palco”.

 

GrooVI - Gravatai/RS

Outra banda que vem do Rio Grande do Sul a se presentar no WebFestValda em 2017 é a GrooVI. Segundo Fernando, o baterista, ele diz “acreditar na força dos festivais independentes para divulgação da música autoral. A GrooVI traz uma mensagem consciente e esses espaços são importantes para a valorização de canções que buscam informar, enriquecer e transformar o ambiente e o publico que atingem.” Completam o time, o vocalista Pablo Seea Rasta, o baixista Saulo Pinheiro, os tecladistas Amós Pachamama e Ras Vicente e o guitarrista William Artuso. Guiados pelos ensinamentos Rastafari, eles participaram Superstar da Rede Globo em 2016, levando todo o reggae, o hip hop, a black music e influências africanas de suas músicas para a televisão. A música Longa Espera, presente no EP Raízes e Cultura de 2016, mostra bem como eles utilizam o mantra da música Reggae como instrumento de meditação e transformação.

 

Levante - Salvador/BA

Não é a primeira vez que a galera da Levante! aparece por aqui e no festival. Esses baianos roqueiros fizeram tanto sucesso na edição passada que estão de volta ao WebFestValda em 2017. As músicas se destacam por abordar assuntos sociais e políticos, causando questionamento em nossas mentes sobre a sociedade em que vivemos. A banda é formada por Valente Silva, May Pitanga, Di, Joker Guiguio, Felipe Campo, Luã, Digão e Didoné e se originou em 2013, em um momento de descontentamento politico que se perpetua até hoje. Se liga porque o EP dos caras é muito bom e a música Guerreiros de Paz foi tirada de lá. 

 

Caio Correa e o Baque - Rio de Janeiro/RJ

Com 13 anos de carreira, Caio Correa se encontra em um momento novo em sua carreira após a separação da banda Scracho em 2015. No ano passado, ele lançou Muiraquitã, o seu primeiro disco solo, que mescla músicas românticas e políticas. Segundo ele, é fundamental que a arte promova debates e, como artista, ele tem responsabilidade social com as pessoas. No entanto, na noite do Festival, ele escolheu para cantar a música O Caldo, que não é política, nem romântica, “é uma música muito sincera” tanto no som quanto na letra, pois diz respeito ao que ele sentia em um momento de sua vida. Para Caio, “o WebFestValda tem uma importância gigante. (…) É um festival muito renomado e reconhecido” e ele será acompanhado pelo parceiro de produção do disco Pedro Carneiro (guitarra e flauta), William Lage (guitarra), Uirá Bueno (bateria) e Tomás Tróia (baixo), que formam O Baque.

 

Periferia A Massa - São Paulo/SP

Assim como a banda anterior, os rapazes da Periferia A Massa também já deram as caras aqui no blog e na edição passada do Festival. Dirigidos pela filosofia africana Ubuntu, eles representam a periferia paulistana com uma mistura de soul music, samba, groove e funk que vêm obtendo reconhecimento merecido. Eles apresentam um som de extrema qualidade, além de transmitir alegria e nos convidar para dançar. É contagiante! O EP A Cara da Periferia está nas plataformas digitais e eu te desafio a ficar parado com esse som. Sério, é difícil!

 

Sambotagem Racional - Ribeirão Preto/SP

Os rapazes da Sambotagem Racional vem de Ribeirão Preto / SP, transmitindo valores como persistência nos sonhos, atitudes positivas e esperança do bem comum, presentes na cultura do skate e surf, servem de inspiração para composições da banda. Formada em uma laje pelos amigos Ed Bendahan (voz), Henrique Assis (bateria), Jajá do Pandeiro (percussão) e Pedro Lemos (guitarra) em 2016, a banda também tem como característica a mistura de pandeiro, cavaco, cuíca e distorções de guitarra, compondo um som único. Além do festival, em julho, eles preparam mais uma novidade: o primeiro EP da banda. Enquanto isso, vamos ouvir Sereia Urbana:

 

Vibehouse - Santos/SP

A banda também vem do estado de São Paulo, de Santos, e mistura o reggae com outros ritmos como a MPB. Ela é formada por Fábio de Oliveira no vocal, Guilherme Ferreira na guitarra e back vocal, Marcus Vinicius Ballarini na bateria, Jéssica Henriques no teclado e violino e Lucas dos Santos no baixo. Verbaliza, a música inscrita no festival, traz energia positiva e te convida a cantar alto. 

 

Mulamba - Curitiba/PR

As meninas empoderadas da banda Mulamba fazem um som de alto nível. “Quando fizemos a inscrição, pensamos muito na grandiosidade e na relevância do festival… A energia do WebFestValda é ímpar! A Mulamba está preparada para se entregar, depositando muita potência, fortaleza e firmeza em cima do palco”, disse a baixista Naíra Debértolis. Completam a Mulamba: Amanda Pacífico (voz), Cacau de Sá (voz), Caro Pisco (bateria), Fer Koppe (violoncelo) e Nat Fragoso (guitarra). Mulamba é 100% feminina e vai do rock à MPB. Incialmente, as meninas do Paraná fariam somente um tributo à eterna Cássia Eller, mas a sintonia fluiu de forma única que fez a banda continuar (e o público agradece). O clipe de P.UT.A, por exemplo, já ultrapassou 75 mil visualizações. Elas se inscreveram no WebFestValda com a música Mulamba, que, por sinal, é ótima, mas eu adorei a Provável Canção de Amor Para Estimada Natália. Tenho certeza que você também vai amar também!

 

Mari Blue - Rio de Janeiro/RJ

Mari Blue é cantora, atriz, compositora, pianista e produtora. Uau! Uma artista versátil que vive na cidade do Rio há alguns anos, mas é mineira de origem. No palco, essas diversas facetas aparecem em um show pensado a partir do seu disco autoral Fruto da Flor de 2016. Para ela, o disco que representa sua identidade musical, tem uma sonoridade desejada e trabalhada por ela. No Festival, ela apresentará a música Putrefato, que não está no CD, mas que “é muito forte, conversa muito com a situação do mundo hoje e com as coisas que tento falar com minha música”. Para ela, o WebFestValda “é um festival que tem uma abertura muito grande para musica independente, para conhecer gente nova e mostrar o meu som acima de tudo.” Ela, que já ganhou outros festivais, é acompanhada por Mário Wamser (guitarra), Gabriel Barreto (bateria), Frederico Puppi (violoncelo) e João Cantiber (baixo).

 

Machete Bomb - Curitiba/PR

Essa galera que mistura rock com samba também vem do Paraná. A banda formada por Salmazo (vocal), Madu (cavaquinho), Rodriguinho (percussão), Suspiro (baixo) e Dani (bateria) surpreende ao unir o rock pesado com instrumentos que remetem a brasilidade como o cavaquinho. Suas músicas se destacam por fazerem criticas sociais e retratarem o dia-a-dia nas letras.

 

Banda Matilda - Juiz de Fora/MG

Assim como a Mulamba, a Banda Matilda é formada por mulheres. Juliana Stanzani (voz), Bia Nascimento (violão), Fabrícia Valle (percurssão) e Amanda Martins (flauta) dão vida a essa banda que desde 2008 conquista o público de Juiz de Fora e sul de Minas. Em julho, elas serão acompanhadas também por Marcelo Mattos (baixo) e Thales Scoton (bateria), que estão presentes desde a gravação do CD Patuá, lançado em 2016. Com uma música que te leva a dançar e viajar, no melhor sentido figurado da palavra, a Matilda é cativante.

 

Etcoetera - Juiz de Fora/MG

Juiz de Fora é mesmo um grande celeiro de talentos. Aqui no Teoremas, alguns artistas da cidade já deram as caras como a Etcoetera, que foi entrevistada no final de abril quando os meninos realizaram um show no bairro de Santa Tereza, no Rio. Agora, eles retornarão à cidade para se apresentar no Palco da Fundição Progresso. O som da banda, formada por Eduardo Fávero (voz e violão), Vinícius Vieira (baixo) e Felipe Balut (bateria), é plural. Você escuta as influências da MPB, do reggae, do samba, do pop e de outros elementos. Eles ainda serão acompanhados por Beto Grizendi (guitarra), Advar Medeiros (saxofone), Rafael Souza (trumpet) e Daniel Morais (teclados). Para ouvir o som bacana desses mineiros, basta dar play no vídeo abaixo e ser contagiado por Ana Rosa, música do CD Céu Grande.

 

 

Jerry Matarazzo - Rio de Janeiro/RJ

A banda Jerry Matarazzo vem do Rio de Janeiro, sendo formada pelos brasileiros Thiago Maia (voz), Paulinho Fillho (guitarra) e Anderson Mendonça (baixo), além do português Gonçalo Jorge (bateria). Para eles, “é um imenso prazer participar do WebFestValda, pois reconhecemos sua importância na exposição de novos trabalhos e também na troca de experiências entre artistas de diversos pontos do Brasil.” Os rapazes lançaram o primeiro álbum em março de 2017. Intitulado Jerry Matarazzo, ele conta com 10 faixas e participação do Mr. Catra. A banda, que faz um pop rock cheio de misturas e livre de estereótipos, teve o seu nome inspirado pelas histórias do Sr Jherry, na verdade, Miranda, o pai do vocalista, que se apresentava como deputado, advogado ou qualquer título que o concedesse alguma vantagem no momento, fazendo com que portas se abrissem e pessoas o reverenciassem. Você pode assistir Menina, o primeiro clipe do álbum de estreia da banda.

 

Trinato - Taguatinga/DF

A Trinato vem de Taguatinga, no Distrito Federal, e também já passou aqui pelo Teoremas. O Salve Oliveira tem o ouvido tão afiado, que entrevistou os caras há algumas semanas antes de a gente saber quais bandas seriam selecionadas. Eles se destacam por serem versáteis, fazendo reggae e rap com influências do jazz e do soul, além de realizar critica social afiada como na música Bling!, inscrita no Festival. A banda é formada por Artur Braga (voz), George Silva (voz e violão), Augusto Zulú (teclado), Jessé Mateus (baixo elétrico), Fernando Coimbra (guitarra) e Igor Lisboa (bateria).

 

Saci Weré - Brasilia/DF

Saci Weré é mais uma banda do Distrito Federal, ela vem de Brasília e já teve alguns nomes e formações até chegar ao que conhecemos hoje. Saci Weré é formada por uma galera muito talentosa: Christofer Barea (vocal), Alan Abacate (violão), Gui Campos (guitarra), Pedro Gabriel (bateria), Hélio Devadatta (percussão), Danilson Oliveira (baixo), David Ramos (sax barítono) e as meninas Amanda Machado e Aline Marcimiano como backing vocals. A Saci Weré dialoga com diversos ritmos, desde africanos até latinos, uma mistura que dá uma brasilidade singular ao som da banda, além de um groove incrível. Sobre o festival, “é uma honra ter sido selecionados e ter a oportunidade de compartilhar o nosso trabalho com o Brasil nesse Festival tão lindo, em meio a toda essa diversidade artística, cultural e regional. (…) Arte é isso – é antropofagia, é troca, diálogo e diversidade”. No vídeo abaixo, você pode conferir a música “Atrás do olho” e conhecer um pouquinho mais da sonoridade dessa banda do Planalto Central.

 

Mestre Madruguinha - Aracaju/SE

Para representar o nordeste, a banda Mestre Madruguinha vem de Aracaju/SE. Eles unem diversos ritmos, indo desde o carimbó, típico da região Norte do Brasil, até gêneros como a cumbia, a salsa e o reggaeton, populares em toda a América Hispânica. Eles ainda possuem uma pegada do samba, do reggae e do rock. Uma verdadeira fusão entre ritmos latinos, brasileiros e globais. A Mestre Madruguinha é formada por Everton Cardoso (voz), Jeca Doce (voz), Adão Alencar (voz e percussão), Marreta (guitarra), Alex Macedo (percussão), Chukro (baixo) e Edvan Aragão Santos (bateria). Para eles, o anuncio do Festival causou surpresa e grande empolgação. “A expectativa é chegar e fazer nosso melhor, que é celebrar, alheios a qualquer ideia de competição. Pois o prêmio, de certa forma, já ganhamos, que é participar da festa. (…) Torcemos para que nossa ida sirva também para abrir a porteira a toda essa galera talentosa daqui de Sergipe.” Confira agora a música Coração Quer Mais, presente no CD homônimo da banda lançado em novembro de 2016. Mais uma vez, eu te desafio a ficar parado.

 

Madame B - Rio de Janeiro/RJ

A Madame B chama atenção por fazer boas releituras de músicas nacionais e internacionais com uma pegada única. No entanto, a banda carioca também possui músicas autorais, levando para o palco muito rock n’ roll. Quem dá voz a banda é Bárbara B com uma voz grave e timbre que chamam atenção. Ela é acompanhada por Bruno Franco (guitarra), Diogo Souza (baixo) e Markinho Alves (bateria). Você pode curtir um pouco de todo o rock da Madame B no vídeo abaixo, Parabéns é a música autoral inscrita no WebFestValda 2017.

 

Bando Azzul - Maceio/AL

E fechando as 20 bandas classificadas temos o Bando Azzul. Esse trio é encabeçado por Heberth Azzul, um importante nome da MPB no estado de Alagoas. Ele possui músicas gravadas por Elba Ramalho e Alceu Valença, além de projetos com Marcelo D2 e Gilberto Gil. Azzul será acompanhado por Fábio Batista no baixo e Will Gomes na bateria.Você pode conferir um pouco dessa MPB singada no vídeo a seguir. A música Maracasamba é composição do próprio Azzul.

 Por Teoremas de Bar: http://teoremasdebar.com.br/